Dos quinze requisitos de Paulo para o obreiro em I Tm 3, só um envolve habilidade intelectual. Todos os demais dizem respeito ao car...

Caráter – Requisito Para O Ministério






Dos quinze requisitos de Paulo para o obreiro em I Tm 3, só um envolve habilidade intelectual. Todos os demais dizem respeito ao caráter do obreiro. Em qualquer profissão pouco interessa a vida particular, mas no ministério se mede a integridade justamente pela excelência moral.


“Caráter não se lê na testa do obreiro, mas na vida, no comportamento, nas escolhas e nas decisões diárias”. (1 Tm 3.2,7).
E o que é caráter?

O caráter constitui-se das marcas indeléveis e inegociáveis na alma de uma pessoa. Quando esta serve a Cristo, deve ter a mente de Cristo. (1Co 2.16). Logo para o cristão em especial, ter caráter é ter a mente de Cristo. Paulo fala da renovação da nossa mente em Rm 12.2.
Champlin nos ilustra bem este conceito: “-Semeie-se um pensamento e colher-se-á uma ação. Semeie-se uma ação e colher-se-á um caráter. Semeie-se um caráter e colher-se-á uma eternidade”.
Não tem como se comprovar o caráter de uma pessoa via credenciais, registros em cartório ou muito menos lendo a sua testa. Apenas a vida, o comportamento, as escolhas e as decisões de uma pessoa podem mostrar essa virtude. Paulo fala desse critério em 1 Tm 3.2,7 “-É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar.”; “... é necessário que ele tenha bom testemunho dos de fora a fim de não cair no opróbrio e no laço do diabo”.