Sem cultivo até o mais belo jardim é tomado de ervas daninhas. Igualmente, sem o estudo bíblico, seremos vítimas das aparências de sa...

Os argumentos dos ateus e agnósticos estão todos vencidos



Sem cultivo até o mais belo jardim é tomado de ervas daninhas. Igualmente, sem o estudo bíblico, seremos vítimas das aparências de sabedoria.

“... o meu povo se perde por falta de conhecimento”. (Os 4.6).


A web, por exemplo, está repleta de lendas - teorias enlatadas e vencidas que continuam circulando por aí como se fosse verdade. Hoje de madrugada, 5 de julho de 2015, deparei-me com uma entrevista do astrofísico americano Neil deGrasse Tyson à Revista Veja On Line. O Título era: “Não vejo evidências que corroborem a existência de Deus”. Logo fiquei muito animado. Já planejava comprar a edição impressa. Pensei que poderia trazer ao meu livro, algum argumento novo para ser debatido em primeira mão. Que decepção! Eram os mesmos famigerados argumentos vencidos que já respondo neste livro. Portanto, não comprei a revista. Apesar de vez ou outra apreciar algum artigo do tal periódico, não posso dizer o mesmo dessa matéria com data de validade vencida. Muitas pessoas caem nestes contos fabulosos porque não se esforçam no conhecimento da Palavra de Deus. Claro! Cultivar o estudo bíblico é trabalhoso! Mas a vida não é feita só de vales, existem os montes, e para sentirmos seu frescor, precisamos conhecer o labor da subida até conquistarmos os cumes mais altos. A lei do menor esforço é o “habitat” ideal para o surgimento da ignorância. Já dizia o filósofo - duvidar de tudo é tão fácil quanto acreditar em tudo, pois ambas as alternativas não exigem o esforço de pensar.
Abordamos neste breve trabalho sete interrogações de grande polêmica na fé cristã. Existe muito mais perguntas a se fazer, e inúmeras réplicas e tréplicas a considerar, mas aqui apresentamos um bom extrato, para que sintamo-nos encorajados a deixar o ostracismo dos vales, e subir o Tabor, e desfrutar de seu frescor.
A maioria das pessoas não desfruta de grandes experiências com Deus. Lettie Cowman cita o seguinte pensamento: -“Muitos se demoram nos caminhos planos, porque têm medo de escalar as montanhas. As ladeiras ásperas os desanimam; então ficam no vale sombrio, e não vêm a conhecer o mistério dos montes. Não sabem o que perdem em sua autocomplacência, a glória que os espera — se apenas tiverem coragem para fazer a escalada; a bênção que encontrariam, se apenas se erguessem até os caminhos de Deus." 

Charles Spurgeon também disse: -“... definham em masmorras, quando podiam andar pelos terraços do palácio e avistar a boa terra e o Líbano! Levante-se da condição em que está. Lance de si a inércia, a letargia, a frieza — o que quer que esteja interferindo em seu amor por Cristo. Seja Ele a fonte, o centro e a circunferência de todo o seu prazer. Não se contente mais com as suas exíguas conquistas. Aspire por uma vida mais plena, aspire por uma vida mais alta, aspire por uma vida mais nobre. Vá para cima. Vá para mais perto de Deus”!