Estudo bíblico, mensagem, reflexão e fé

Estudo bíblico, mensagem, reflexão e fé


Quando um novo rei subia ao trono, convocava algumas pessoas para trabalhar com ele no seu governo. Essas pessoas eram chamadas de “eklés...

O que é ser igreja? Significado, etimologia, conceito e missão da igreja na terra.

Quando um novo rei subia ao trono, convocava algumas pessoas para trabalhar com ele no seu governo. Essas pessoas eram chamadas de “eklésia”, do verbo grego “ekaleo”, que significa chamar à parte. Quando o Senhor Jesus, na cruz do calvário, triunfou sobre a maldição que pesava sobre nós – ressurreto disse:


“... É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mt 28.18-20)

Toda a autoridade que o Diabo tinha para matar, roubar e destruir foi dissipada com a chegada do Reino de Deus. Mas o Diabo é o pai da mentira e continuaria mentindo, blefando e fazendo uma guerra ilegal. Para que a autoridade do novo rei expulse o poder do mal dos corações e das famílias, a boa notícia teria que ser compartilhada com grande poder. Assim o rei chama à parte a sua “eklésia”, que em língua portuguesa é “igreja”.

Conceito de igreja

Ser igreja é ser chamado à parte do presente sistema de coisas, para servir aos propósitos do Rei Jesus.

Qual a igreja verdadeira?

Sabiamente o Concílio de Westminster deixou claro que durante a história sempre existiram igrejas mais puras ou menos puras. Portanto a igreja verdadeira permeia várias denominações eclesiásticas, não sendo propriedade de nenhuma organização humana. A igreja verdadeira não é passível de ser patenteada e requerida por ninguém.

Qual é o padrão medidor de pureza de uma igreja?

O padrão da igreja é Atos dos Apóstolos. Mas algumas igrejas se afastaram tanto da simplicidade do evangelho, que são cristãos apenas nominalmente.

Quais impurezas contaminam uma igreja?

Costumes e tradições são capazes de fazer uma instituição se apegar as coisas em detrimento dos valores do reino. Toda igreja deve vigiar para não se tornar guardiã de costumes e tradições, pois Jesus disse que isto invalida a mensagem do reino dos céus. 

“Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas.” (Mc 7.13)

Jesus não gostava da religião

Jesus sempre pregou contra a religião, logo não teria prazer em fundar mais uma. Jesus não fundou uma religião, apesar de este rótulo sempre acompanhar a fé cristã. Mas a mensagem de uma verdadeira igreja é muito diferente de uma religião. O termo religião vem do latim “religare” e diz respeito ao esforço humano em se religar à divindade. Já a mensagem da igreja vem na contramão disto.

1. Nenhum esforço humano é suficiente para pagar sua culpa e seu pecado. 

2. Nossas justiças são como trapos e imundícia. 

3. A salvação não vem pelas obras. 

4. Ninguém pode se religar à Deus por méritos próprios – porque em nós não há mérito algum. 

O sujeito religioso diz:

— Eu não mato, não roubo, não xingo e não coloco banana de dinamite no caixa eletrônico, logo não sou tão mal assim. Sou melhor que muita gente. Pratico meus rituais de minha religião e sou um bom cidadão.

Este ar de superioridade do religioso impede que ele perceba que é tão pecador como os demais perante Deus. É por isto que Jesus disse:

“Em verdade vos digo que os publicanos e as meretrizes entram adiante de vós no reino de Deus.” (Mt 21.31)

É mais fácil para o publicano imundo reconhecer que precisa do perdão de Deus do que o religioso santarrão abaixar o seu nariz.

A mensagem da igreja

Se religião é o esforço religioso de alguém para dizer que merece a salvação - a igreja é a mensageira de que ninguém a merece. A igreja deve anunciar que Cristo morreu por nós, o justo pelos injustos, e agora podemos ser salvos inteiramente por sua graça. E nenhum preço a mais.

Qual o propósito da igreja

A igreja foi chamada para fazer discípulos. A palavra “discípulo” é mencionada 260 vezes no Novo Testamento, enquanto a palavra “crente” aparece apenas 15 vezes. A palavra “evangélico” ou “católico” nunca foi usada na Bíblia. 

O que é ser discípulo?

Ser um discípulo de Jesus é mais que ser um religioso. É ser igual a Cristo. Quando a igreja chegou à uma cidade chamada Antioquia, foram chamados pela primeira vez de cristãos – de tanto que se pareciam com Cristo. 

Apesar de o termo "cristão" terminar com o sufixo “ão”, no original grego significa “pequenos cristos”. Será que a minha igreja se parece com Cristo? Estamos vivendo seus propósitos para a nossa geração?

Como a igreja faz discípulos?

O discipulado de Jesus não era formal como em uma sala de aula. Eles caminhavam juntos, comiam juntos e trabalhavam juntos. Seus discípulos não eram meros expectadores. Não era apenas uma plateia recebendo informações de um orador. O discipulado de Jesus é transferência de vida. É um por um. É vida na vida. É pessoal, íntimo, prático e poderoso.

A igreja nasceu no coração de Deus

Liberte-se das tradições, e viva os sonhos de Deus para você. Igreja é um projeto que nasceu no coração de Deus. E o Senhor Jesus deseja que você participe de uma – e mais do que isto – entenda a noção de pertencer a uma igreja bíblica. Deus estabeleceu o princípio de estar debaixo da autoridade pastoral. 

Ser igreja é cuidar e ser cuidado. Mãos à obra, servidores do Reino.